Muito além dos livros e métodos, a escolas desempenham papel crucial na formação do seu filho.

É na escola que eles ganham autonomia, constroem amizades, criam vínculos sociais e são preparados para a vida.

O que se vive na escola contribui para a formação do seu filho como ser humano, por isso, a busca da instituição certa exige tempo, dedicação e estudo.

Para te ajudar nesta tarefa, separamos os 06 itens fundamentais que devem ser observados e estudados na hora de escolher a escola ideal para seus filhos.

  1. Sintonia com o estilo da família e proposta pedagógica

 

Prefira uma escola que tenha a ver com o estilo do seu filho e da família.

Não adianta colocar a criança em uma escola religiosa se a família não pertence a esta religião.

O mesmo acontece com a proposta pedagógica. Algumas escolas focam mais na construção do indivíduo, e outras priorizam o conteúdo e a preparação para provas e vestibulares. A linha pedagógica deve estar alinhada com o tipo de educação que você acredita.

Opte por escolas que estejam de acordo com a filosofia e os valores ideológicos da sua família.

ENTENDA AS 4 ABORDAGENS PEDAGÓGICAS E DEFINA A ESCOLA IDEAL PARA SEUS FILHOS.

 

  1. Localização mais próxima

 

A localização da escola é um fator que deve ser levado em conta na hora da escolha.

Quanto mais perto de casa ou do trabalho dos pais, melhor. Isso facilita a ida à escola no caso de alguma emergência.

Outro ponto positivo de uma escola mais próxima da sua residência, é que seu filho não precisará fazer longas viagens diárias pela cidade e enfrentar o trânsito desde cedo.

Muito tempo de condução causa estresse e pode diminuir o rendimento escolar do seu filho.

 

  1. Horários adequados à rotina da família

 

Os horários da escola devem ser adequados à rotina da família.

Por exemplo, se os pais trabalham fora o dia inteiro e não há apoio de outra pessoa para buscar a criança e passar o restante do dia com ela, uma escola de período integral pode ser uma opção interessante.

Já se os horários forem flexíveis, ou existir alguém que possa cuidar do seu filho, uma escola meio-período pode ser melhor.

 

  1. Pesquise todas as escolas que achar necessário

 

Pesquise muito.

Faça uma lista com tudo que você espera de uma escola para que ela atenda as necessidades do seu filho e da sua família. Espaço físico, localização, proposta pedagógica e a presença de profissionais qualificados são alguns dos aspectos a se considerar.

Visite as escolas de seu interesse e converse com professores e diretores. Esclareça todas as suas dúvidas e conheça o espaço. Uma boa dica é ir no horário de entrada e saída, assim você pode conhecer os pais e conversar com os alunos sobre o que acham da escola. Aproveite e observe como os professores e demais funcionários lidam com os alunos.

Você também pode levar seu filho na visita. Assim, pode perceber se ele simpatiza com o ambiente, alunos e profissionais.

 

  1. Questão financeira

 

Nem sempre alto custo é sinônimo de qualidade.

Escolha uma escola dentro dos seus padrões financeiros.

Além do motivo óbvio, que é a capacidade de pagar as mensalidades, é importante que padrão de vida oferecido ao seu filho seja compatível com os demais alunos da escola.

Se a criança não tem condições de acompanhar os hábitos dos demais colegas de classe, isso pode desenvolver um senso de inferioridade e dificuldade de entrosamento com os demais.

 

Por fim, estude com calma e cuidado todos os aspectos que considera importante para o seu filho.

Com muita pesquisa e dedicação, você certamente encontrará a ESCOLA IDEAL. A decisão final só deve ser tomada quando você e sua família se sentirem realmente seguros.

Lembre-se que a escola é um lugar de aprendizado, convívio e troca de experiências e onde seu filho passará grande parte do dia.

 

Obrigada pela leitura!

Gostou? Comente aqui em baixo

Curta nossas páginas e compartilhe com seus amigos, será que eles já decidiram a escola para seus filhos?

Ajude-os a decidir com sabedoria!