Ver um filho crescer e se tornar independente é difícil e por vezes até doloroso para alguns pais.

Diante dessa dificuldade, muitas vezes acabamos por fazer escolhas erradas com o intuito de proteger os pequenos. O problema é que essas escolhas, que no momento parecem cercadas de amor e boas intenções, resultam na criação de filhos que se tornarão adultos dependentes e inseguros.

Se observarmos a natureza, veremos que passarinhos empurram seus filhotes do ninho com o intuito de ensiná-los a voar. A princípio, podemos enxergar isso como algo cruel. Mas na verdade, o que a “mãe passarinho” está fazendo é criar seus filhotes para serem independentes e sobreviverem ao mundo selvagem.

Esse é um exemplo que deveria ser seguido quando pensamos na criação dos nossos filhos. Às vezes, é necessário um “empurrãozinho” para que eles possam se desenvolver de forma sadia e correta.

A independência é uma virtude e deve ser passada aos filhos desde pequenos. Por isso, separamos 10 dicas para te ajudar nesta tarefa que, como dissemos, nem sempre é fácil.

  1. NÃO FAÇA COISAS QUE ELE CONSEGUE FAZER SOZINHO

 

Se você já ensinou seu filho a desempenhar uma tarefa e ele já é capaz de executá-la sozinho, deixe que ele faça.

Mostre que você confia nele e em sua capacidade!

 

  1. VALORIZE O ESFORÇO DO SEU FILHO

 

Com a correria do dia a dia, queremos fazer tudo da forma mais rápida e prática. Mas com as crianças, isso não funciona. É necessário tempo para valorizar cada esforço do seu filho.

Não faça as coisas para ele. Ao invés disso, ensino-o a fazer.

Outra dica é não consertar algo que ele fez. Se seu filho não conseguiu desempenhar uma tarefa do jeito certo, chame-o, mostre o erro e como é a maneira certa de fazer. Cuidado com a linguagem, tenha paciência e faça críticas construtivas.

 

  1. INCENTIVE SEU FILHO COM ELOGIOS

 

Elogios sempre são mais positivos do que críticas.

Incentive-o com atitudes e palavras encorajando e comemorando suas conquistas.

Ao corrigir algo, sempre foque em críticas construtivas.

 

 

  1. NÃO CRIE SEU FILHO DENTRO DE UMA BOLHA

 

Quedas, erros e frustrações são comuns na vida de qualquer ser humano. Em algum momento da vida, seu filho terá uma decepção e você não poderá evitar.

Então, o melhor é ensiná-lo a lidar com estes impasses desde pequeno, incentivando-o a se levantar sozinho diante dos desafios da vida.

 

  1. SAIBA OS LIMITES

 

Não confunda independência com liberdade excessiva. É importante que tanto os pais quanto os filhos saibam os limites e diferenças entre um e o outro.

A independência vem com o tempo e com a evolução de cada criança.

 

  1. DEIXE SEU FILHO PARTICIPAR DAS TAREFAS DOMÉSTICAS

 

Inserir seus filhos em pequenas atividades do dia a dia de forma natural e espontânea é uma forma de mostrar seu papel dentro da família, além de transmitir valores de responsabilidade.

Pode ser guardar seus brinquedos, colocar a mesa para o jantar, arrumar sua própria cama… Só não se esqueça de delegar atividades compatíveis com a idade do pequeno!

 

  1. ESTIMULE SEU FILHO A TER OPINIÃO E FAZER ESCOLHAS

 

Para ser uma criança independente, seu filho deve se sentir seguro para expressar suas opiniões e fazer escolhas.

Para estimular a autoconfiança, incentive-o a expressar suas ideias, estabeleça diálogo e principalmente, ouça-o com atenção demonstrando que você confia nele e sabe que é capaz de tomar boas decisões.

 

  1. ENSINE O VALOR DAS RESPONSABILIDADES

 

O senso de responsabilidade é essencial para desenvolver a independência do seu filho.

A ideia de que todo ato gera uma consequência deve ser estimulada deixando que a criança solucione pequenos problemas da sua vida diária, claro, com a sua supervisão.

 

  1. ENSINE SEU FILHO A LIDAR COM O DINHEIRO

 

O valor e administração do dinheiro são lições que devem ser ensinadas desde a infância, pois refletem na forma como seu filho gerenciará seus ganhos quando adulto.

Sempre que possível, leve-o para mercados e outros comércios e ensine sobre o valor das coisas. Ensine-o a poupar e a importância de ter independência financeira.

 

  1. DEIXE QUE SEU FILHO ERRE

Quando seu filho tomar a iniciativa de fazer algo, deixe-o errar e tentar novamente quantas vezes forem necessárias.

Resolver as coisas para ele quando observar alguma dificuldade é um erro. Além de não desenvolver uma nova habilidade, você passa uma mensagem de que ele é incapaz e isso pode causar um estrago enorme no futuro.

Nestas situações, os pais devem estar por perto para encorajar e oferecer suporte, mas não para tomar a frente das coisas.

Criar um filho para que ele seja independente pode parecer difícil, principalmente se pensarmos que nos tornamos casa vez mais “desnecessários” conforme eles crescem.

Queremos criar nossos filhos para que sejam adultos capazes de alcançar seus objetivos e viver uma vida plena, feliz e cheia de conquistas, tratando-os sobre tudo com respeito. Uma criança que é tratada com respeito respeitas seus pais e outras pessoas.

Obrigada pela leitura!

Gostou? Comente aqui em baixo

Curta nossas páginas e compartilhe com seus amigos =)